Aprovados em concurso para agente penitenciário cobram cronograma de nomeação

GDF suspendeu homologação do curso de formação após ‘falhas administrativas’

Por: Diego Tolentino

Aprovados no concurso para agente penitenciário fizeram uma manifestação no anexo do Palácio do Buriti no final da manhã desta sexta-feira (20) para cobrar um cronograma de nomeação do último concurso. A homologação do curso de formação dos aspirantes ao cargo foi suspensa nesta quinta após o GDF encontrar “falhas administrativas”.

O concurso é de 2014, e o curso de formação foi concluído em agosto. O resultado deveria ser liberado nesta semana.  Ao todo, segundo a organização, havia 150 pessoas no local.

A suspensão foi divulgada pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão através de uma rede social. No comunicado, a pasta diz que “falhas administrativas” impossibilitam a homologação, e que está reunida com a Subsecretaria do Sistema Penitenciário para resolver o caso.

A nota ainda diz que, a suspensão do resultado “visa a resguardar o processo seletivo e garantir o alcance dos objetivos da administração e dos seus participantes”. A homologação do curso é baseada no desempenho dos novos agentes, que precisam fazer exames finais das disciplinas para confirmar a vaga obtida no concurso.

Mais de 150 concursados participaram de manifestação de hoje de manhã em frente ao Palácio do Buriti

Deixe sua resposta