Brasil vence Japão com ajuda da arbitragem de vídeo

Mesmo com placar favorável de 3×1, seleção tem atuação discreta.

Por: Diego Tolentino

A seleção brasileira venceu o Japão nessa sexta-feira, em Lille, na França, por 3 a 1, no penúltimo jogo da equipe em 2017. Em um amistoso marcado pelo público abaixo do esperado,16.922 espectadores, e pela intervenção da arbitragem de vídeo, o time comandado por Tite, teve muito pouco trabalho para marcar na fraca equipe japonesa treinada por Vahid Halilhodzic. De bom apenas o desempenho consistente do lateral-direito Danilo e do meia Giuliano, que mostraram entrosamento pela direita com o capitão Willian.

De resto, o confronto teve muito pouco interesse para uma equipe de primeiro nível às vésperas da Copa do Mundo, e também para o público, que ficou longe de lotar os 50 mil lugares do Estádio Pierre-Mauroy.

O jogo estava tão sonolentopara a equipe brasileira, que em meio às alterações na equipe, o Japão descontou aos 17. Makino venceu Jemerson em cobrança de escanteio no segundo pau e, de cabeça, marcou.

A partir de então o jogo se arrastou, com poucas oportunidades de gol. Tite, que pretendia testar os convocados que até aqui tiveram menos chances, pôde ver uma atuação consistente de Danilo e Giuliano  substituído mais tarde por Renato Augusto . A seleção terá agora uma nova oportunidade, na terça-feira, em Londres, quando enfrenta a Inglaterra, no estádio de Wembley.

Deixe sua resposta