Casa Modular e o refúgio urbano

Da Redação fotos: Divulgação

Realizado em parceria com a Associação Brasileira de Designers e a Mehta, tem a participação de seis escritórios de arquitetura, design de interiores e paisagismo de Brasília

 

 

A mostra tem por objetivo apresentar ao público do CasaPark opções de como mobiliar uma casa, com estilo décor que leva em consideração o tom moderno e o jeito de morar do brasileiro, com suas referências mais campestres e o gosto por para receber a família e os amigos no fim de semana com conforto.

Segundo a coordenadora de marketing do CasaPark, Josie Fedrigo, o objetivo da mostra é oferecer alternativas de como habitar os espaços de uma forma acolhedora. “O jeito de morar do brasileiro tem aquela pegada de beleza aliada à tradição construtiva, que sempre preza pelo novo. Isso fez com que a última edição da Casa Modular fosse um sucesso. Por esse motivo, resolvemos apresentar uma nova possibilidade de decoração para a construção modular com uma temática mais natural, como um refúgio de contemplação, agora em parceria com a ABD”, explica.

 

Parceiros no projeto

A ABD convidou seis escritórios de arquitetura e design de interiores de Brasília para criarem ambientes exclusivos nas áreas social, íntima e externa de uma residência totalmente industrializada, num conceito de construção modular semelhante ao de contêineres.

A Pollis Engenharia, Arquitetura e Interiores, de Beta Pollis e Roberto Pollis, se encarregará da área social. A Damasceno + Inglez Arquitetura e Interiores, da Priscila Inglez e Liliane Damasceno, e, Maria Batista Arquiteta ficarão responsáveis pelo quarto multiuso e de casal respectivamente. O Studio Fabio Cherman, de Fabio Cherman, fica a cargo da sala de TV. Já o escritório Mara Magalhães realizará o paisagismo. E a varanda, com o arquiteto Christian Blum.

Na opinião de Angela Borsoi, diretora regional da ABD-DF, as expectativas são grandes. “Estamos trabalhando com algo totalmente novo e contando com o toque refinado de profissionais renomados do mercado. Estou ansiosa para ver o resultado desta parceria”, diz Angela.

O sistema modular desenvolvido pela Mehta traz grandes benefícios para o consumidor. Trata-se de um processo de construção industrializada que transforma a tarefa de construir em uma atividade de montagem, com importantes avanços para o segmento construtivo no país.

A industrialização, além de permitir a relevante redução do tempo de construção, praticamente não gera resíduos e perturbações, pois todo o processo ocorre de forma controlada, em fábrica. Destaca-se também a versatilidade, aliada à qualidade, à durabilidade do empreendimento, bem como à conservação do meio ambiente.

 

SERVIÇO

Exposição “A Casa Modular”

De 23 de março a 19 de abril das 10 às 22 horas ( praça central do CasaPark)

A entrada é gratuita.

 

Deixe sua resposta