COI retira parcialmente a suspensão imposta ao comitê brasileiro

O COB foi suspenso no último dia 6, um dia após a prisão do então presidente, Carlos Arthur Nuzman.

Por: Diego Tolentino

Comitê Olímpico Internacional (COI) revogou parte da suspensão imposta ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) e devolveu à entidade brasileira seus direitos como membro de associações ligadas a comitês olímpicos nacionais. A decisão saiu nesta sexta-feira (03/11) pelo Conselho Executivo do COI.

O COB foi suspenso no último dia 6, um dia após a prisão de seu então presidente, Carlos Arthur Nuzman. Deflagrada pela Polícia Federal, a operação investiga suposto esquema de compra de votos para o Rio de Janeiro sediar os Jogos Olímpicos do ano passado.

A suspensão, de acordo com a regra 59 da Carta Olímpica, congelou todos os pagamentos e subsídios do COI para o COB e tirou a autorização para o comitê brasileiro exercer seus direitos de membro entre as associações de comitês olímpicos nacionais.

Deixe sua resposta