Crise Hídrica no DF: Governo capitará recursos no exterior para viabilizar o programa “Brasília Capital das Águas”

Projeto prioriza o uso racional dos recursos hídricos e a manutenção da qualidade da água do Rio Descoberto e do Lago Paranoá

Por Luis H Andrade

Para o programa Brasília Capital das Águas, o governo de Brasília está tentando negociar US$ 41,1 milhões (cerca de R$ 130 milhões) com o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), organismo multilateral de crédito ligado aos governos da Argentina, da Bolívia, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai.

O projeto prevê que serão economizados até 747 litros por segundo de água e propõe ações para manter os recursos hídricos do Rio Descoberto e do Lago Paranoá.

A Casa Civil executará, o Brasília Capital das Águas em parceria com a Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

Deixe sua resposta