Expresso Mágico! “Temos o prazer de informar que o Sr. Foi aceito na escola de magia e bruxaria de Hogwarts”

Evento baseado na épica saga “Harry Potter” terá mais uma edição em 2018, prepare-se!

Por San Thor Oliveira, Foto: Divulgação

 

Se você é fã ou já ouviu – com certeza – falar sobre Harry Potter, vale à pena viver essa experiência. As corujas foram enviadas e em breve se for aceito, alguns bruxos já vão possuir suas cartas de Hogwarts. O evento Expresso Mágico, baseado na saga do Menino que Sobreviveu, proporciona um verdadeiro dia de bruxo para aqueles que amam o universo e está pronto para fazer um pouco de magia. A primeira edição ocorreu em setembro, com aproximadamente 550 fãs do universo criado pela escritora J.K. Rowling trocaram experiências sobre os acontecimentos do primeiro livro da saga “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. 

 

Organizado pela produtora Chams, foi sediado na Sociedade Hípica de Brasília. As atividades foram propostas de acordo com os eventos da Pedra Filosofal. Ao embarcar na aventura, tudo começou com o chapéu seletor – aquele velho chapéu surrado, provavelmente de tanto conhecimento que o compõe, responsável por designar os alunos para uma das quatro casas da escola: Grifinória, Sonserina, Corvinal e Lufa-Lufa – dispondo magicamente os alunos deste ano para suas casas. Houve euforia, no momento em que os participantes tiveram a oportunidade de bater um papo com os Pottertubers – pessoas influentes e responsáveis por canais no YouTube que fale especificamente de Harry Potter ou do Universo bruxo – Caco Cardassi, do “Caldeirão Furado”, Leo Santi do canal “Patrono Net”, Thiego Novais que é do “Observatório Potter” e Douglas Ricardo, do Complô Nerd.

O momento teve direito a autógrafo e várias centenas de fotos e selfs. Além deles, o dublador brasileiro João Capelli, que interpreta a voz do personagem Draco Malfoy nos filmes, esteve presente, além da escritora Renata Ventura, conhecida pelos livros de fantasia “A Arma Escarlate” e “A Comissão Chapeleira”.

Assim como nos livros, as casas precisam ser testadas. Todos provaram seu valor e mostraram suas habilidades. A competição foi muito acirrada e o momento de perguntas, sobre magia, a infinidade de feitiços, os personagens e o mundo de Hogwarts foi o que gerou as primeiras pontuações para competição. Depois, houveram disputas de “Quadribol” – o famoso esporte jogado sob vassouras voadoras do mundo bruxo. Dois times com o objetivo de marcar mais pontos na partida. Seja por “gols” em um dos três arcos na extremidade inimiga do campo, ou na captura do “Pomo de Ouro”. Resumindo, é como o futebol para os Brasileiros, uma verdadeira paixão – seguido por uma Caça à Pedra Filosofal. Ao final da contagem de pontos, Sonserina ficou em primeiro lugar com direito a troféu e grito de guerra organizado, seguidos pela Grifinória em segundo, a casa da Lufa-Lufa em terceira e a Corvinal em quarto colocado. Todos conseguiram completar os objetivos propostos de provas e se divertiram a beça.

Também houve fotos com os personagens favoritos. Os “cosplayers” – pessoa que se fantasia de um determinado personagem. Além da vestimenta, há interpretação e “incorporação” das características de quem estiver sendo representado – tiveram seu momento de fama durante todo o evento. Foi proposto um concurso para selecionar a melhor interpretação, com voto público e do cosplay de Draco Malfoy, Daniel Lima. A ganhadora foi uma garotinha que representou de forma excepcional a Murta que Geme, personagem da série que é um fantasma que vive – a morte – no banheiro do primeiro andar da escola. Foi um show de interpretação e todos os participantes aplaudiram.

Imprevistos

A Produtora Chams informou que, apesar de todos os esforços da equipe no local para solucionar da melhor maneira possível todo e qualquer problema apontado, tem motivos suficientes para continuar com a Saga Harry Potter. Já estão sendo desenvolvidas novas estratégias para organizar as filas, comprar dinheiro de bruxo e comer nos Food Trucks. Em relação as capas de bruxo, já estão sendo enviadas para os alunos que deixaram de receber.

Algumas cartas enviadas no terceiro lote deixaram de ser entregues, com o conhecimento dos inscritos, pois não houve tempo tempo hábil e em outros casos por insuficiência de endereço. A Chams afirma que será mais rigorosa quanto ao preenchimento dos dados na inscrição, para garantir que todas as informações concedidas no ato estejam corretas. Além de ser a primeira edição (que acaba por identificar falhas e defeitos a serem corrigidos), a intenção é sempre melhorar, ouvir as críticas e se aperfeiçoar. A produtora recebeu dois convites de patrocínio durante o evento, o que vai garantir mais força para as aulas do próximo ano em Hogwarts.

Deixe sua resposta