GDF pretende pedir empréstimo de US$ 41,1 milhões para enfrentar crise hídrica

Câmara autorizou governo a assumir dívida.

Por: Diego Tolentino

O governo de Brasília pretende pedir empréstimo de US$ 41,1 milhões (cerca de R$ 130 milhões) para usar em obras contra a crise hídrica. Na terça-feira (31), a Câmara Legislativa aprovou projeto, por 17 votos sim e um contrário, que autoriza o GDF a assumir esta dívida.

O  governador Rodrigo Rollemberg afirmou que a previsão é de ter o dinheiro  já no começo do ano que vem.

A ideia é usar o dinheiro fazendo obras no Canal do Rodeador, em Brazlândia, no Santos Dumont, em Planaltina. O objetivo é alterar modos de irrigação de agricultores que dependem de captação da água. Também vai auxiliar nos projetos de ocupação da orla do Lago Paranoá.

O empréstimo deve ser feito ou com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ou o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).

Deixe sua resposta