Grupo suspeito de montar esquema de roubo e venda de carro é preso em Brasília

Veículos eram levados de Brasília até a Bahia. Receptadores pagavam entre R$ 8 mil e R$ 15 mil.

Por: Diego Tolentino

A Polícia Civil de Brasília prendeu oito pessoas suspeitas de integrar um esquema interestadual de furto e roubo de carros, que levava os veículos de Brasília até a Bahia. Um ainda seguia foragido até a manhã desta quinta-feira (9).

As investigações da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) levaram à recuperação de 16 carros levados da capital federal para Bom Jesus da Lapa e João Dourado, ambos na Bahia.

Os suspeitos furtavam ou roubavam os carros, alteravam os sinais identificadores e passavam para receptadores por entre R$ 8 mil e R$ 15 mil.

O líder do grupo apontado pela polícia como Igor Almeida Fonseca, de 27 anos, já responde por homicídio, roubo, receptação e clonagem de veículos. Só no primeiro semestre deste ano, ele teria movimentado R$ 70 mil com a venda de carros furtados ou roubados.

Na última quarta-feira, ele foi detido juntamente com um advogado que estava com um utilitário de luxo furtado em maio deste ano. O advogado pagou fiança e foi lliberado. Ele vai responder pelo crime de recepção, que a pena varia de 1 a 4 anos de prisão.

Deixe sua resposta