Mulher é condenada por ‘roubar’ bebê no centro do DF

Cervilha Moreira foi sentenciada por falsificação de documento e por subtração de incapaz, e deve cumprir pena em regime semiaberto.
Por Débora Oliveira

Na última sexta-feira (3), a 1ª Vara Criminal de Brasília condenou Cervilha Moreira dos Santos, de 44 anos, a 2 anos e 6 meses de reclusão por “roubar” um bebê de 3 meses, em junho deste ano no Conic.

Cervilha está presa na Penitenciária Feminina, Colmeia, desde o dia 11 de agosto, e irá responder por subtração de incapaz e falsificação de documento público. A sentença estabelece que a pena seja cumprida inicialmente em regime semiaberto.

Cervilha havia oferecido uma vaga de emprego para a mãe da criança, as duas foram até uma agência de emprego no Conic e enquanto a vítima realizava um exame para a suposta vaga, a mulher fugiu com o bebê. A ação ficou registrada pelas câmeras de segurança interna do prédio, facilitando o trabalho da polícia e fazendo com que a criminosa fosse encontrada cerca de sete horas depois de ter levado a criança.

Deixe sua resposta