PAS tem 2,6% de ausentes e redações falaram de morte, futuro e publicidade

Neste ano, UnB oferece 4.222 vagas na terceira etapa, para os dois semestres de 2018.

Por: Diego Tolentino

Cerca de 52,3 mil alunos do ensino médio realizaram, neste domingo (3), as provas das três etapas do Programa de Avaliação Seriada (PAS) da Universidade de Brasília (UnB). Segundo o Cebraspe – responsável pela organização do exame –, apenas 2,6% dos estudantes inscritos faltaram ao teste. O número corresponde a 1.401 inscrições.

Para cada uma das três etapas, os estudantes receberam propostas diferentes de redação. Alunos do 1º ano do ensino médio tiveram de escrever um texto narrativo pela visão de alguém que descobre estar na última semana de vida – uma ideia inspirada em “As intermitências da morte”, de José Saramago.

Na segunda etapa, a proposta de redação pediu que os alunos entrassem na mente de um androide em 2019, e escrevessem “argumentando, de forma convincente, que não há diferença entre ele e um ser humano”.

Já na etapa 3 – aplicada para alunos que já estão concluindo o ensino médio –, o desafio foi redigir uma carta ao Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária (Conar) para defender a retirada de circulação de um anúncio. Para isso, o estudante tinha que escolher uma das peças apresentadas na prova.

Deixe sua resposta