Plano Gastrô

Texto: Cynthia Pastor com Redação | Fotos: Divulgação, Lula Lopes, Rener Oliveira e Luciano Lucas

 

EMPÓRIO ÁRABE

A chef Lídia Nasser acaba de renovar o menu executivo da casa, oferecido nas duas unidades da marca. Composto por entrada, prato principal e sobremesa, ele pode ser montado de acordo com preferência do cliente a partir de variadas sugestões para cada etapa. O cardápio é servido de segunda a sexta, no almoço, a R$ 45,90 por pessoa. A intenção é proporcionar uma experiência gastronômica. Com bom custo benefício. Para entrada, é possível optar por tabule ou mix de pastas ou salada de damasco. Já para o prato principal, há cinco sugestões, como paleta de cordeiro ao molho de especiarias, arroz com amêndoas e purê de batatas temperado com ervas; ou frango ao molho de amêndoas com legumes grelhados e arroz branco; ou Miniárabe (espetinho de kafta com arroz com lentilhas e tabule); ou picadinho de filé ao molho, arroz branco, farofa de nozes e banana-da-terra. Há ainda um prato para os veganos: abobrinha recheada com grão-de-bico. Para encerrar, opções de sobremesa, como folhado de nozes ou mousse de damasco.

SERVIÇO
Empório Árabe – 215 Sul, Bloco A, loja 3
Telefone: (61) 3363-3101
Diariamente, das 11h30 à 0h.

 

DOLCE FAR NIENTE

A casa, que já conta com um cardápio italiano, agora, passa a oferecer, durante o almoço, um menu executivo com rodízio de guarnições. O cliente escolhe a proteína e os acompanhamentos são servidos à vontade. Dentre as opções de proteínas estão filé à parmegiana (R$ 48,90); frango ao pesto (R$ 37,90); medalhão de filé ao molho mostarda (R$ 50,90); e salmão ao molho de maracujá (R$ 61,90). Para acompanhar, batata rústica, fettuccine ao alho e óleo, tomate italiano recheado e gratinado, risoto de parmesão, legumes salteados e chips de batata doce oferecidos livremente. O menu executivo é servido somente no almoço, das 11h30 às 16h, de terça a sexta, na unidade da 215 Sul; e às sextas, em Águas Claras, exceto feriados.

SERVIÇO
Dolce Far Niente – CLS 215, Bloco A, loja 3
Telefone: 3345-4267
De terça a domingo, das 11h30 às 16h e das 18h à 0h.

 

CHOCOLAT GLACÊ

Feijoada aos finais de semana é cultura marcante entre os brasileiros. O Chocolat Glacê, tradicional restaurante de Brasília, serve a iguaria aos sábados, com os pertences separados, entre eles: paio, calabresa, lombo, costela, charque, pé, orelha e rabo. “Além das carnes, o feijão também é servido separadamente, assim, aqueles que por algum motivo não comam carne, podem se servir normalmente”, explica Tânia Aranha, sócia do Chocolat Glacé. Como acompanhamento, há desde o arroz branco e arroz ao alho, a banana-da-terra à milanesa, couve à mineira, laranja laminada, farofa e vinagrete. No dia da feijoada, o restaurante conta ainda com quatro tipos de carnes (filé mignon, filé de frango, peixe e costelinha ou pernil), além de massas, tortas, quiches, legumes, saladas e sushis variados. A casa também oferece um variado buffet de sobremesas com deliciosas tortas, doces caseiros, compotas, pavês, pudins e mousses.

SERVIÇO
Chocolat Glacé – SRTVS, Quadra 701, Centro Empresarial Brasília
Telefone: 3226-2901
Sábado de 08h30 às 18h.

 

TEJO RESTAURANTE

Manuelzinho Pires resolveu adicionar mais um prato típico de sua região, o Alentejo para o menu da casa. Trata-se da Açorda de Camarão, sopa feita com pão amolecido na água do camarão, alho, louro, ovo, coentro e azeite (R$98). Manuelzinho indica como entrada, a surpresinha de bacalhau. Como sobremesa, ele diz que praticamente todas harmonizam com o prato, em especial a sericaia, o pastel de nata ou o strogonoff de nozes. Outro prato que entrou na nova leva de sugestões do chef foi o cabrito ao tinto, que vem acompanhado de batatas coradas no vinho e arroz de champignons puxado no próprio molho. .

SERVIÇO
Tejo Restaurante – CLS 404, Bloco B, loja 27
Telefone: 3267-7005
De terça a sábado de 12 às 15h e de 19h às 00h e aos domingos, somente para almoço, a partir das 12h.

 

ZIRIGUIDUM 

Com cardápio assinado pela chef Dani Goulart, a casa oferece iguarias como o peixe à Delícia, com pescado gratinado, banana frita e queijo coalho (R$ 65 para 2 pessoas) e a carne de sol na manteiga da terra, acompanhada de baião de dois, paçoca e macaxeira (R$ 79 para 2 pessoas). Para petiscar há delícias como o legítimo feijão verde com queijo coalho no creme (R$ 28), o arrumadinho pernambucano (R$ 32) ou os dadinhos de tapioca ao molho de tangerina (R$ 27. A casa criou ainda um espaço para cortes especiais assados na brasa, como o bife de chorizo Angus (R$ 49) e a ponta de picanha uruguaia (R$99 para 2 pessoas). Sobremesas tradicionais do Nordeste, como a cartola e a cocada de forno também estão no menu regionalíssimo.

SERVIÇO
Ziriguidum – CLS 412, Bloco A, loja 37
Telefone: 3548-4846
De terça a sexta a partir das 18h. Sábado almoço e jantar e domingo, apenas no almoço.

 

DALÍ CAMÕES

Servido às terças-feiras, o especial pato à framboesa do Dalí Camões é novidade no cardápio. Ele vem acompanhado de purê de batatas e creme de espinafre, e pode ser pedido no almoço ou no jantar. O preço é R$ 85. Natividade Pires, uma das sócias da casa, indica o vinho chileno Viña Marty para acompanhar o prato. Localizado no hotel Brasil 21 Convention Suítes, dentro do Complexo Brasil 21, o restaurante dispõe de um cardápio das cozinhas portuguesa e catalã, tendo como destaques os vários tipos de bacalhau e frutos do mar. O ponto alto das sobremesas fica por conta dos doces portugueses tradicionais, como barriga de freira, toucinho do céu, pastel de Belém, entre outros.

SERVIÇO
Dalí Camões –  Complexo Brasil 21
Telefone: 3039-8156
Segunda à sábado de 12 às 15h e de 19 às 23h.

 

C´EST LA VIE BISTRÔ & CREPERIE

Está de volta o Festival de Crepes Illimité, que o C´est la Vie promove de terça a domingo, agora com novos sabores. Durante todo o mês de março, sete opções, entre salgados e doces, à escolha do cliente. No cardápio do Festival Illimité estão os sabores mais pedidos pelo público que frequenta a casa, além de alguns clássicos salgados, doces ou com massa especial. Destaque para o “Borborema”, que leva charque desfiado, catupiry, cebola, cheiro verde e salsinha e o saboroso “La vie est Dulce”, que além de encher os olhos acarinha a alma com calda de doce de leite, morangos e chantilly. Entre as sugestões para acompanhar o festival, estão a linha de cervejas artesanais Colombina, nas versões Pepper, Weiss e a Ipa, com rapadura ou um dos rótulos da variada carta de vinhos.

SERVIÇO
C´est la Vie Bistrô & Creperie – CLS 408, Bloco A, loja 05
Telefone: 3244-6353
De terça a domingo das 18 às 23h e sábado das 16 às 23h.

 

MADERO

Um dos doces mais adorados no mundo e que caiu no gosto dos brasileiros é o brownie. Criado nos Estados Unidos, a receita que surgiu no início do século XX, fica ainda mais gostosa servida com sorvete. “Não se sabe exatamente como surgiu o brownie, muitos falam que foi um bolo que não cresceu por esquecerem de colocar fermento”, conta a chef pâtissier do Madero, Laysa Durski. A rede de restaurantes é famosa pela receita do brownie com calda quente de chocolate e sorvete, uma das sobremesas mais pedidas das unidades Madero Steak House em todo o país, incluindo as do Shopping ID e do Pátio Brasil, em Brasília. “No Madero nós cozinhamos com farinha de trigo e chocolate amargo. O sorvete que acompanha é feito com ingredientes de qualidade e é inspirado na receita da avó do chef Junior Durski e presidente do Madero”, explica Laysa.

SERVIÇO
Madero Steak House – Pátio Brasil Shopping e ID Shopping
Telefones: 3041-7005 – 3046-0017
Horários: confirme em cada uma das casas.

 

COMIDA DI BUTECO

Dos dias 14 de abril a 07 de maio, Brasília receberá o Comida Di Buteco. Em sua terceira edição consecutiva na capital federal, desta vez o evento reserva mais de 20 bares participantes. As regiões administrativas contempladas serão: Plano Piloto, Águas Claras, Taguatinga, Villa Planalto, Guará, Vicente Pires e Núcleo Bandeirante. O objetivo do Comida Di Buteco é eleger o melhor buteco do Brasil. Além disso, ele resgata e valoriza a cozinha de raiz, enaltecendo os bares tradicionais e estimulando os pequenos empreendedores. Os concorrentes são avaliados em quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70% do peso da nota, e as demais categorias, 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total, e o dos jurados, também. São duas etapas: a eleição do melhor buteco da cidade, e a eleição do melhor boteco do Brasil. O preço máximo dos petiscos é de R$ 25,90.

SERVIÇO
http://www.comidadibuteco.com.br/brasilia

 

Deixe sua resposta