Produtos do campo direto para o Eixão Agro

Fape-DF realiza primeira edição do evento que cria uma ponte direta entre produtores rurais e consumidores da cidade

Por Luis H Andrade*

Brasília vai receber pela primeira vez, no dia 22 de outubro, das 8h às 16h, o Eixão Agro, evento que alia prazer e regionalidade, estreitando a relação entre comida e cultura, prezando pela escolha dos alimentos mais saudáveis, pela qualidade das preparações e pela consciência do ato de se alimentar bem.  A ideia do evento, em formato de feira expositiva, é criar uma ponte entre os produtos e produtores do campo e o consumidor, levando riqueza de informação e qualidade direto para mesa das pessoas.

O evento é realizado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape-DF) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-DF), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF), Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF) e as Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF).

Os expositores estarão organizados em grupos no Eixão Norte, na altura das quadras 210/211, com o objetivo de valorizar a produção e cultura agrícola do DF. “Nosso objetivo principal é estimular a economia local e a agricultura familiar, além de disseminar conhecimentos sobre economia agrícola. Queremos criar um contato direto entre produtores e consumidor final”, explica Fernando Ribeiro, vice-presidente da Fape-DF.

A primeira edição reúne 40 expositores para apresentar e também comercializar seus produtos, desde hortifrúti tradicionais e orgânicos a produtos de nossa agroindústria. Estarão presentes também representantes de cases de sucesso entre a produção do estado, como o cultivo de morangos semi-hidropônicos suspensos.  Também estarão presentes produtores de artesanato e floriculturas.

O Senar contará com programação interativa para o público. Duas oficinas gratuitas, de Horta Suspensa e de Lixo Orgânico e Produção de Humos, ministradas de hora em hora, com duração de 30 minutos cada uma, receberão 25 pessoas em cada sessão. Para os pequenos também haverá programação: no espaço do Sindicato do Turismo Rural e Ecológico do Distrito Federal (Ruraltur-DF), um contador de histórias para estimular o imaginário das crianças com contos lúdicos e informações.

O Eixão Agro é realizado com os apoios do Sebrae, do Banco BRB, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e do Sindicato dos Hotéis Bares e Restaurantes do Distrito Federal (Sindhobar-DF). O Sebrae será responsável pela inclusão de micro e pequenos empresários, principalmente das áreas de agroindústria, floricultura e artesanato.

Agricultura no DF

Apesar de pequeno em extensão, o Distrito Federal possui uma rica faixa de terra produtiva. No total, 70% do território do estado é composto por terras rurais. O setor agrícola emprega cerca de 30 mil pessoas e o Valor Bruto da Produção (VBP) do estado gira em torno de R$ 2,5 bilhões, segundo a Fape-DF.

Para a Fape, o evento é uma oportunidade de criar uma ponte direta entre o consumidor e o produtor, mostrando que o setor agrícola do DF é rico e sustentável. “Nós temos produtores exemplares para o Brasil, de cultivo direto de grãos, como trigo, e de frutas, como o morango. O estado é referência em diversas áreas, apesar do território pequeno. O agronegócio é pujante, qualificado, e o desenvolvimento sustentável é possível para o campo. Hoje há uma convivência de crescimento mútuo do setor da agroindústria com a natureza”, explica o presidente da Fape-DF, Joe Valle.

              

Eixão Agro

Quando: 22 de outubro, das 8h às 16h

Onde: Eixão Norte, na altura das quadras 210/211 Norte

Realização: Fape-DF, SENAR-DF, EMATER-DF, SEAGRI-DF, CEASA-DF

Parceiros: Sebrae-DF, BRB

Apoio Institucional: Conab

Apoio: Sebrae, Abrasel, Sindhobar, Sicoob

Entrada franca

*Com informações da assessoria

Deixe sua resposta