Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil explora universo da mostra “FILE – A Arte Digital na Era Disruptiva “

 Projeto propõe diversas atividades lúdicas para que o público mergulhe e interaja com a exposição em cartaz até 10 de dezembro

O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil traz ao público uma programação com diversas atividades elaboradas especialmente para a exposição “FILE – A Arte Digital na Era Disruptiva”, ampliando as possibilidades de interação do visitante com a mostra em cartaz. Elas são elaboradas para aproximar adultos e a garotada das obras e tornar o ambiente de galeria mais atrativo.

As dinâmicas são pensadas para valorizar a arte como linguagem acessível a todos, permitindo que o público se aproxime, se familiarize com esse universo e vá além de ser um simples espectador.

Para a mostra “FILE – A Arte Digital na Era Disruptiva”, em cartaz até 10 de dezembro, o Programa Educativo propõe um mergulho no tema da exposição por meio de atividades lúdicas, desenvolvidas pela equipe da Sapoti Projetos Culturais – responsável pelo Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil.

Ao trabalhar com o tema principal desta exposição, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil tem como desafio repensar os meios e criar dentro das novas possibilidades trazidas pela tecnologia à arte.

Para isso, educadores criaram atividades que ampliam as leituras e diálogos com as obras expostas na mostra, por meio da música, da pintura, do teatro e da imaginação em contações de histórias e leituras compartilhadas.

Nos finais de semana, adultos e crianças poderão participar da programação gratuita. Durante a semana, a exposição recebe visitas agendadas de grupos e escolas do DF, onde educadores destrincham a exposição junto aos visitantes.

Quintas, sextas e sábados, o Programa Educativo do Centro Cultural banco do Brasil oferece visitas mediadas em Libras, das 13h às 17h. Confira a programação.

Atividades

Visita Mediada à exposição vai além de um simples passeio guiado pela mostra. Nela, o educador estimula os visitantes a falar sobre suas impressões e trocar experiências que tenham relação com o tema exposto. No entanto, é preciso agendar as visitas pelos telefones: 3108-7623 e 3108-7624 (segunda a sexta, das 8h às 18h).

Na atividade Em Cantos e Contos, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil traz bonecos, objetos cotidianos e músicas para apresentar contos e histórias que trazem os temas da tecnologia e do obsoleto, do lúdico e da memória e da materialidade das coisas e ambientes artificiais.

Aos sábados, há intérprete de LIBRAS durante a atividade. Por meio de histórias, o ser humano conhece o mundo à sua volta, sua identidade e até mesmo o que nunca imaginou antes.

Na atividade Pequenas Mãos, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil recebe famílias com crianças de 3 a 6 anos para as primeiras percepções e reflexões sobre as exposições em cartaz.

Com jogos e espaços lúdicos, os pequenos visitantes e suas famílias terão a oportunidade de recriar suas interpretações sobre seus momentos na exposição.

Outras opções:

Já o Musicando convida os visitantes a repensar os meios de criar música e suas novas possibilidades, assim como a tecnologia se coloca na arte. Se podemos conversar com alguém do outro lado do mundo pelo celular, ou visitar as ruas de outra cidade a quilômetros de distância, por que não deixar a tecnologia e equipamentos eletrônicos nos auxiliarem a fazer música?

No Espaço Sensorial o visitante é convidado a experimentar um momento que faz do indivíduo um coletivo, permitindo se perceber em um outro tempo e por outro alguém.

O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil convida o público a entrar nesse espaço e responder “Que mensagem você deixaria para o seu eu do futuro?”, para que possamos nos projetar no passado e no futuro, e nos percebermos no momento atual.

No Laboratório de Artes Visuais tudo começa num pixel. Será que a tela do computador e do celular funcionam da mesma maneira que uma tela de pintura tradicional ou mesmo o papel? Como as imagens surgem nas telas dos computadores, televisões e celulares? Será possível recriá-las fora do meio virtual?

O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil convida os visitantes a encontrarem o ponto em comum entre a imagem digital e analógica, onde todos poderão converter o virtual ao real.

No espaço em frente a entrada do Museu do Banco Brasil, no 1º andar, a atividade Livro Vivo o livro se torna um objeto de mediação entre o conteúdo da exposição e o visitante.

Por meio da leitura compartilhada com toda a família o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil encoraja a essa imersão.

No Librário, o visitante pode se aventurar no mundo das LIBRAS por meio de um jogo em que, além de memorizar, a pessoa terá que interpretar o sinal indicado na imagem. A LIBRA é a segunda língua oficial do Brasil!

PROGRAMAÇÃO E HORÁRIOS


Visitas Mediadas à exposição*

De terça a sexta, às 9h, 10h, 14h, 15h e 19h | Faixa etária: a partir de 5 anos.

O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil oferece gratuitamente visitas mediadas às exposições em cartaz a escolas e grupos mediante agendamento prévio.

Mediante agendamento prévio através do telefone 61.3108.7624, de segunda à sexta das 8h às 18h.

Visita Mediada em Libras

Terça a sexta, das 13h às 17h  | Faixa etária: a partir de 5 anos.

Contemplando a acessibilidade, nossas visitas mediadas também são realizadas em Libras por nosso educador intérprete.

Consultar horários disponíveis na bilheteria do CCBB ou através do telefone  61.3108.7624.

Em Cantos e Contos

Sábados, domingos e feriados, às 11h e às 15h | Faixa etária: livre.

Área externa do CCBB, próximo à recepção central | Não é necessário retirar senha.

Librário

Sábados, às 14h | Faixa etária: livre.

Área externa do CCBB, próximo à recepção central | Não é necessário retirar senha.

Pequenas Mãos

Sábados, domingos e feriados, às 14h | Faixa etária: famílias com crianças de 3 a 6 anos, limitado a 8 crianças e seus acompanhantes.

Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.

Musicando

Sábado, domingo e feriados, às 16h | Faixa etária: a partir de 7 anos.

Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.

Livro Vivo

Sábados, domingos e feriados, às 16h, na Sala do Educativo no Museu BB.

Indicação: Livre.

Laboratório de Artes Visuais

Sábado, domingo e feriados, às 17h | Faixa etária: a partir de 7 anos.

Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.

Espaço Sensorial

Diariamente, das 14h às 18h | Faixa etária: Livre

Sala Multiuso | Não é necessário retirada de senha.

Deixe sua resposta