Programação para a semana no Cine Brasília

Clássico incontornável, A BELA DA TARDE retorna ao circuito comercial brasileiro em nova cópia digital em seu aniversário de 50 anos. Dirigido pelo mestre surrealista Luis Buñuel, escrito em parceria com Jean-Claude Carrière,o filme conta com atuação inesquecível da diva Catherine Deneuve. Ela é a bela e jovem dona de casa Severine Serizy, que não consegue conciliar suas fantasias masoquistas com a vida cotidiana, ao lado do zeloso marido Pierre. 

O Cine Brasília apresenta, como outro grande destaque, os dois últimos filmes da mostra Cinema Russo – Um Percurso em Cinco Décadas.Essa especialíssima mostra tem a parceria com a Embaixada da Russia e se conclui com o clássico Solaris, de Andrei Tarkoviski, e Sonhos, de Karen Shakhnazarov e Aleksandr Borodyansky, ambos restaurados em matriz digital.

Permanece em cartaz o ótimo Barreiras, uma coprodução entre Luxemburgo e Bélgica, que traz a grande atriz francesa Isabelle Huppert contracenando com três gerações de excepcionais atrizes.Barreiras esteve nas seleções oficiais dos festivais de Berlim e do Rio de Janeiro e está pré-selecionado para representar Luxemburgo no Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018!

SINOPSES

  A Bela da Tarde

   (Drama/França/100min/1967)

    De Luis Buñuel

Com: Catherine Deneuve, Jean Sorel Michel Picoli,Geneviève Page, Pierre Clémenti

Sinopse: A bela e jovem dona de casa Severine Serizy (Catherine Deneuve) não consegue conciliar suas fantasias masoquistas com a vida cotidiana ao lado do zeloso marido Pierre. Quando seu amigo Henri menciona um secreto bordel de classe alta, dirigido por Madame Anais, Severine decide visitá-lo e, eventualmente, passa a trabalhar lá durante o dia sob o nome de Bela da Tarde. Porém, quando um de seus clientes se torna possessivo, ela precisa tentar voltar à sua vida normal.

    Barreiras

    (Drama/Luxemburgo/Bélgica/112/2017)

De Laura Schroeder

Com: Isabelle Huppert, Lolita Chammah e Thémis Pauwels

Sinopse: Após dez anos vivendo na Suíça, Catherine retorna a Luxemburgo. Durante esse período, sua mãe, Elisabeth, foi responsável pela criação de sua filha, Alba. De volta para casa, Catherine entende que os papéis de cada uma dentro da família já foram determinados, mas sente que precisa lutar para ser a mãe de sua filha. Começa, então, uma jornada inquietante no complicado mundo do amor maternal, apenas para descobrir-se que, às vezes, o seu verdadeiro adversário pode ser você mesmo.

                                                            Programação: 

 

Quinta-Feira (07/12)

 

14h30 – A Bela da Tarde

16h30 – Barreiras

18h30 – A Bela da Tarde

20h30 – Solaris (Mostra Cinema Russo – Um percurso em cinco décadas.)

 

Sexta-Feira (08/12)

 

14h30 – A Bela da Tarde

16h30 – Barreiras

18h30 – A Bela da Tarde

20h30 – Sonhos (Mostra Cinema Russo – Um percurso em cinco décadas)

 

Sábado (09/12)

 

14h30 – Barreiras

16h30 – A Bela da Tarde

18h30 – Barreiras

20h30 – A Bela da Tarde

Domingo (10/12)

 

15h00 – A Bela da Tarde

17h00 – Barreiras

19h00 – Corpo Delito

20h30 – A Bela da Tarde

 

Segunda-Feira (11/12)

 

10h00 – Chica de Ouro ( sessão especial)

18h30 – Barreiras

20h30 – A Bela da Tarde

 

Terça-Feira (12/12)

 

(NÃO HAVERÁ SESSÃO)

 

Quarta-Feira (13/12)

(FECHADO PARA PREPARAÇÃO DO FESTIVAL CURTA BRASÍLIA 

14 A 17/12 – Festival Curta Brasília

 

Terça-feira (19/12)

 

14h30 – Barreiras

16h30 – A Bela da Tarde

18h30 – Barreiras

20h30 – A Bela da Tarde

 

Quarta-Feira (20/12)

 

14h30 – Barreiras

16h30 – A Bela da Tarde

18h30 – Barreiras

20h30 – A Bela da Tarde

S E R V I Ç O:

Ingressos: R$ 12,00 (inteira)  R$ 6,00 (meia entrada)

Programador responsável: Sergio Moriconi;smoriconi@terra.com.br

Programação Completa  www.cultura.df.gov.br e facebook.com/cinebrasilia1960

Deixe sua resposta