Rollemberg demite secretário de Justiça

Exoneração de Arthur Bernardes deve sair em edição extra do Diário Oficial.

Por: Diego Tolentino

O Palácio do Buriti anunciou a demissão do secretário de Justiça, Arthur Bernardes, no cargo desde março deste ano. Antes, o político chegou a ocupar a Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável do governo.

A exoneração deve ser publicada, em edição extra do Diário Oficial de Brasília. No lugar, deve ser empossado o atual chefe de gabinete da Casa Civil, Guilherme Abreu, que já chefiou a pasta de Justiça de modo interino entre fevereiro e abril de 2016.

“O governo precisa ter aliados que realmente ajudem a melhorar a qualidade de vida do brasiliense. Não podemos mais conviver com quem não tem a convicção, a lealdade e a capacidade de trabalho para fazer um governo eficiente”, disse Rollemberg.

Os atritos com o PSD ocorrem desde o início da gestão Rollemberg, mas o ponto de discórdia final foi a negociação nos bastidores para a troca do secretário Arthur Bernardes. O vice-governador, Renato Santana, é do partido que está saindo do governo.

Logo após a confirmação de que Bernardes seria exonerado, o secretário publicou nota pedindo desligamento do cargo.

Deixe sua resposta