Senacon investigará aéreas por dizer que passagens ficariam mais baratas

A investigação do órgão, que é vinculado à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, vai determinar se houve propaganda enganosa, repasse de informações falsas ao consumidor, omissão de informações relevantes 

Por Luis H Andrade

A Defesa do Consumidor determinou a abertura de um processo administrativo contra a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) e empresas Latam, Gol, Aviança e Azul por dados divulgados em setembro, informando que havia uma queda nos preços das passagens áreas após o início da cobrança de pelo despacho da bagagem.

O processo foi publicado na última sexta-feira, no Diário Oficial da União. A multa, caso ocorra a condenação, será de até R$ 9,5 milhões.

Deixe sua resposta