Autor do livro “São Paulo na Alturas” apresenta obra no Instituto Cervantes

Título traça rota das obras erguidas no período batizado “milagre da arquitetura” e fala das circunstâncias que permitiram a criação das décadas da ousadia nas construções
Por Luis H Andrade*

O jornalista e escritor Raul Juste Lores vem a Brasília para uma conversa sobre seu o livro “São Paulo nas Alturas”, que fala sobre as décadas de ousadia da arquitetura brasileira. Lançado em agosto deste ano, o título é fruto das andanças de Lores pela cidade e sua observação sobre os prédios erguidos entre 1960 e 1970, período conhecido como “milagre da arquitetura”. A obra reconstitui a história e os projetos dos prédios expoentes desse período. Porém, o mérito maior é dar visibilidade a arquitetos criativos daquela época que foram deixados de lado até pelas universidades, como Rino Levi e o casal de arquitetos italianos Maria Bardelli e Ermano Sifreddi, além de nomes como Oscar Niemeyer (Copan) e David Libeskind (Conjunto Nacional), que conduziram a revolução modernista da arquitetura em São Paulo. A conversa sobre “São Paulo nas Alturas” será realizada às 19h, no auditório do Instituto Cervantes. A entrada é franca.

As Obras

A obra de Lores foi realizada em cima de 200 entrevistas e à leitura de 80 teses e livros. O livro, com 340 páginas, reúne ainda sugestões de rotas com os principais edifícios desse período na cidade. Raul Juste Lores tem 42 anos, nasceu em Santos (SP) e é repórter especial da Folha de São Paulo. Já foi correspondente em Washington, Nova York, Pequim e Buenos Aires, e editor de ‘Mercado’. Escreve aos domingos, a cada duas semanas, sobre arquitetura e a história dos edifícios em São Paulo.

Serviço

Apresentação do livro “São Paulo nas Alturas”
Data: 13 de novembro, às 19h
Local: auditório do Instituto Cervantes de Brasília
Endereço: SEPS 707/907 Lote D
Telefone: (61) 3242-0603
Entrada franca
C.I.: Livre
brasilia.cervantes.es

*com informações da assessoria.

Deixe sua resposta